Total de visualizações de página

À TODOS QUE PERMANECEM PRA SEMPRE JÓIAS RARAS

ESTE BLOG PERTENCE À TODOS AQUELES QUE ESTIVERAM EM NOSSA ESCOLA COMO PROFESSOR, FUNCIONÁRIO, ALUNO, PAI, AMIGOS...

DEIXEM SEU COMENTÁRIO E CONTRIBUAM COM FOTOS, FILMES...

Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 2 de maio de 2010

RUBÍ - PLANEJAMENTO SEMESTRAL PARA 4 ANOS

II SEMESTRE
TERCEIRO BIMESTRE
Primeiro mês -
Primeira semana - A CASA
PRIMEIRO DIA

RODINHA: conversar livremente sobre assuntos espontâneos, principalmente sobre as férias.
O professor espalhará folhas de jornal grandes e pequenas pela sala de aula. A crianças deverão escolher um dos tamanhos, amassar e formar uma bola. Em seguida brincarão de bola ao cesto. (reforçar a nomenclatura) Lixo grande - bola grande; Lixo pequeno - bola pequena.
CÂNTICOS:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Aula de linha - Auto controle

Material - tambor

1º fase - atenção
O professor andará na sala, mostrando que não há necessidade de fazer barulho com os pés, pois nós que mandamos neles. Levantará de seu lugar calmamente, dará alguns passos bem devagar, com um pé na frente do outro (sem arrastá-los no chão ). Voltará para seu lugar lentamente e sentará de pernas cruzadas e mãos nos joelhos.
Pedir para algumas crianças fazerem o mesmo.

2º fase- concentração
As crianças andarão na linha ao som do tambor. Quando o ritmo for rápido, eles deverão andar rápido, e quando for devagar, andarão devagar (sempre prestando atenção para não fazer barulho com os pés)

3º fase - desconcentrarão
Pipoca
Pula,pula, pipoquinha
Pulo, pula, sem parar
Pula, dentro da panela
Pra aquecer e estourar
Pum,pum

4º fase - desabrochamento
Agora as pipocas estão misturadas dentro da panela (parada): começaram a andar bem devagar, estão andando muito rápido, estão pulando, agora elas estouraram.
Levar as crianças para cozinha, para participarem da receita da pipoca, ou colocar os ingredientes numa panela, na sala de aula e pedir para alguém estourar e servir para as crianças.

5º fase - relaxamento
As pipoquinhas estão cansadas de andar, pular, correr, que resolveram deitar dentro da panela e tirar uma soneca (deitados no chão da sala). O professor passará a mão na cabeça de cada criança,aí elas poderão levantar e com passos bem suaves, sentarão na linha.

APOSTILA – colar milho na espiga


Recordando formas e cores:

O professor deve confeccionar um cubo com as faces de seis diferentes cores. As mesmas cores deverão aparecer em cartazes onde estarão colocadas diferentes gravuras
Um criança de cada vez joga o dado, nomeia a cor sorteada e reconhece o cartaz e nomeia a figura, formando uma frase sobre a figura colada no cartaz.
HISTÓRIA DO ZOOLÓGICO
O professor deverá conduzir as crianças a imaginarem que estão em um jardim zoológico, observando alguns animais, levando-as a perceberem a diferença entre a forma rígida e pesada do andar dos elefantes; a lentidão dos passos das tartarugas; os pulos altos dos cangurus ou coelhos, etc.
Em seguida, as crianças poderão dramatizar alguns animais, movimentando-se pela classe.
Após esta sensibilização, as crianças serão estimuladas a imaginar que o lápis ( ou guache, ou giz de cera) irá se transformar em "elefante", percebendo eu se desenharem bem forte, acompanharão o passo dele. Em seguida, o lápis se transforma em tartaruga, devendo o professor perguntar às crianças qual seria a forma de desenhar mais parecida com ela, e assim por diante, comparando o lápis a diversos animais.
Com este exercício de sensibilização, o professor estará estimulando as crianças a compararem, analisarem, e perceberem as diversas formas e recursos proporcionados pelos materiais, utilizando e desenvolvendo a imaginação.

APOSTILA
LANCHE
AREIA

SAÍDA: Entregar lembrancinha


SEGUNDO DIA


Conversar sobre a casa, os tipos de moradias, quem mora em casa térrea, quem mora em apartamento. Mostrar gravuras ou vídeos que apresentem casa ricas e pobres, grandes e pequenas, feias e bonitas, etc.
Fazer um passeio no quarteirão para observar os tipos de moradias existentes no bairro.

Brincar: “Na minha casa tem panela
E com ela eu faço macarrão
Na minha casa tem quarto
E lá eu vou dormir

APOSTILA – pintura da abertura até as atividades sobre o quarto
Iniciar maquete dos móveis da casa construídos com caixas de fósforos encapadas ou pintados.
Montar o quarto e conversar sobre todas as possibilidades de usarmos o quarto( dormir. Brincar, ler, conversar, guardar o que é nosso, deixar sempre arrumado, etc.)


LANCHE

AREIA

SAÍDA



TERCEIRO DIA



RODINHA: atividade de colagem:
O professor contará a história de um rei que vivia num reino onde todas as pessoas se vestiam iguais. Um dia o rei resolveu mudar as coisas e transformando todas as roupas de pano em roupas de papel. Comprou vários tipos de papel. As pessoas gostaram muito, pois sentiram-se diferentes umas das outras.

Em seguida, propor às crianças que sejam como o rei, fazendo coisas de papel.
Distribuir papéis já picados e cartolina para colagem. Incentivar as crianças a perceberem a textura e a maleabilidade. Depois as crianças darão um final para história.

Apresentação dos cartazes de rotina.
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Ao professor:
Em alguns dias do Planejamento você estará se deparando com atividades matemáticas contidas na apostila, além do trabalho com o tema: classificação, as fileiras, qual a figura diferente? A família das árvores, não é da família, alinhamento, etc.

CLASSIFICAÇÃO
Ao realizar uma classificação. É sempre necessário discriminar se um ente pertence ou não a uma das classes. Discriminar diferenças é o início dessa compreensão.
Classificar é agrupar em categorias, segundo um critério pré-estabelecido.
O estabelecimento de categorias é, porém, um processo complexo de simplesmente agrupar. Tendo em vista que a nossa proposta de aprendizagem matemática se preocupa com o desenvolvimento do pensamento, se faz necessário incluir entre os temas escolhidos um de classificação.
As atividades necessárias ao desenvolvimento da operação de classificação deverá seguir um crescendo de dificuldades.
• Reconhecer semelhantes
• Discriminar um ente diferente entre entes de mesmas características;
• Agrupar por categorias, mediante um critério estabelecido pelo professor.

APOSTILA- Atividades sobre a casa.
Continuar a maquete e fazer a sala, conversando sobre as possibilidades de usarmos a sala ( sentar, assistir TV, ler, estudar a Palavra, fazer reuniões de adoração com a família, conversar, receber amigos, etc.)
Encenar com todas as crianças o ato de receber visitas e sermos cordiais e alegres e simular uma reunião em família.

LANCHE

AREIA

SAÍDA: Mandar um bilhete dividindo ingredientes da receita, entre os alunos, de bombom de leite ninho ou outra sugestão de doce.



QUARTO DIA

RODINHA:
Associar movimentos determinados à hora do banho - perceber seqüência lógica de idéias. Conversar sobre a importância do banho, ficar limpinho, como se deve usar o sabonete, para que serve a toalha, o quanto devemos nos esforçar para aprendermos a tomar banho sozinhos. Fazer mímicas, juntamente com as crianças, de como tomar banho.

MÚSICA: Melodia "Marcha soldado


"Na hora do meu banho
Pego o sabonete
Abro a torneira
Esfrego o corpinho
Depois vou me enxugar
Pego a toalha
Que é bem macia
E fico sequinho
Passo um talquinho
Visto a roupinha
Penteio o cabelinho
Estou bem limpinho
Quando a mamãe chega
Leva aquele susto
Tomei banho sozinho
E ganho um beijinho
Que gostosinho!
Que cheirosinho!


Banho da boneca
Reconhecer seqüência de atitudes para hora do banho.
Apresentar a boneca de plástico, a toalha, a banheira e o sabonete. Propor às crianças que ajudem o professor a dar banho na boneca, verbalizando cada etapa e como é importante e gostoso tomar banho.

ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

APOSTILA
.Quando Joana estava tomando banho, deixou a banheira encher muito e a água se espalhou por todo banheiro. Vamos ver como ficou?
Rasgue papel de seda branco e azul e cole nesta página.
.Realizar todas as atividades até a colagem de embalagens

Prosseguir com a maquete e fazer o banheiro. Conversar sobre o banheiro e o que fazemos nele ( tomamos banho, escovamos os dentes, penteamos o cabelo, fazemos necessidades, etc. ). Falar sobre a importância de higienização pessoal e do banheiro, a alegria em ajudar a mamãe na arrumação e limpeza.
Fazer o banheiro na maquete., pode ser usado argila para fazer a pia e o vaso.

LANCHE

AREIA

SAÍDA











QUINTO DIA
Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Brincar: “Na minha cozinha tem garfo
Com ele posso comer...
Nomear os utensílios da cozinha, a necessidade de manter sempre limpa, etc.

Estimular as crianças a realizarem uma modelagem com massinha. Essa massa deverá ser preparada juntamente com as crianças. No final da aula elas levarão a massinha para casa em saquinhos de papel.

Conversar sobre a cozinha e as receitas que usamos para fazer pratos doces e salgados.
Mostrar livros de receitas e a receita escolhida para fazer o doce com a turma. Ler e instruir o que cada um vai fazer. Levá-las na cozinha e fazer os bombons, ou cajuzinhos ou bolo, ou outro doce, embrulhá-los e servir após o lanche para todas as crianças.
Levar as crianças até a cozinha e mostrar os utensílios e suas utilidades e classificá-los, separando iguais e diferentes que podem ser trazidos para sala de aula.
A maquete deverá ficar em sala para exposição podendo ser sorteada no final do ano ou do tema, após a reunião de pais.
Confeccionar um cartaz da receita escolhida juntamente com as crianças, em que os alunos ditam as palavras para o professor escrever.
APOSTILA
Classificação
A FAMÍLIA DAS ÁRVORES
Objetivo - Estabelecer a relação de pertinência de um ente a um grupo de entes de mesma características
Certifique-se de que toda a classe reconheceu que são árvores. Peça a seguir, que identifiquem e marquem a figura da fileira de baixo que representa um ente que pertence ao mesmo grupo. Peça à criança que digam quem são os outros entes e o porquê deles não pertencerem ao mesmo grupo

LANCHE
Lembrancinha: Um garfinho de bolo pintado e amarrado uma fita, ou um chapéu de cozinheiro.

AREIA

SAÍDA
SEGUNDA SEMANA -
PATRULHA DA LIMPEZA
PRIMEIRO DIA

O BONECO ATENCIOSO

Objetivo - Desenvolver os conceitos: Pra frente, para trás, para o lado, para a direita, para a esquerda.
Sorteie uma criança que irá fazer o papel de "boneco atencioso". Marque no chão, com giz, um ponto de partida. O boneco ficará sobre ele e você dará uma ordem. Por exemplo:

- Dê dois passo para frente, dê um passo para trás, dê um passo para o lado da janela e assim por diante.
A classe participa, verificando se o "boneco" é realmente atencioso. Em uma segunda fase, você pode riscar no chão, com giz, alguns caminhos, como por exemplo:








Em cada ponto de partida estará um "boneco" e uma criança dará ordens corretas para que cada um deles ande sobre o caminho traçado. Ao final, você pode perguntar-lhes. "Algum "boneco" voltou ao ponto de partida? Qual deles?

É importante que os deslocamentos solicitados tenham sempre um ponto de referência, para que a criança reconheça a direção do deslocamento. Os pontos de referência podem ser posições ocupadas no espaço por objetos ou seres, em relação à criança.
Além disso, a pessoa que dá as ordens e os observadores devem estar orientados da mesma forma que a criança que vai executar ordem a fim de que todos possuam a mesma orientação.
Jogos e dramatizações são situações de aprendizagem que propiciam o domínio dos alunos relativamente aos conceitos de direção e sentido.
Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:



Apresentar a hora da novidade:
Preparar um Kit Presente - embrulhar uma bucha, esponja de aço, vassoura, pá, pano de chão, detergente e flanela. Colocar o embrulho no meio da rodinha e dar dicas.
Falar sobre a importância da higiene em nossas vidas.




Recitar junto com as crianças a poesia:

Jogue tudo no lixo. Não jogue nada no chão. Vamos deixar esta escola. Brilhando, brilhando, brilhando.
Papel de bala. Ponta de lápis, Resto de lanche. Lenço de papel. Não jogue nada no chão.
Jogue lixo no lixo. Não jogue nada no chão. Vamos deixar esta escola brilhando, brilhando, brilhando.
Copo descartável. Goma de mascar, Papel amassado. Não jogue nada no Chão, Casca de frutas, resto de lanches. Lenço de papel. Não jogue nada no chão

Mostrar o Kit e explicar a utilidade de cada objeto. O Kit deverá chamar-se a PATRULHA DA LIMPEZA
Brincar de" acerte o alvo"
Amassar papéis e entregar de dois a três para cada aluno e pedir para que acertem no lixo, jogando de uma determinada distância

Confeccionar cartões com o nome de cada objeto e colar cada nome ao seu objeto deixando exposto durante o tempo em que se trabalha o tem. Todos os dias leia os cartões com as crianças.
Conversar sobre a necessidade de reciclagem, reaproveitamento e a necessidade de reduzir a quantidade de lixo que usamos: como copos descartáveis, garrafas plásticas, caixas de leite, etc.
Preparar um caixote com terra e enterrar uma casca de banana, um copo descartável, uma casca de laranja e depois de um mês desenterrar para que as crianças percebam o tempo que demora para um copo descartável ser desintegrado e uma casca de banana. Por isso a necessidade de fazermos coleta seletiva e reciclar o lixo. Se possível organize um passeio numa usina de reciclagem.

Ensinar as músicas:
“Jogue lixo no Lixo
Não jogue na no chão
Você está aqui pra aprender
Então preste atenção
Somos adoradores
Libertando a Criação
Nosso Planeta é tão lindo
Não faça dele um lixão.”

“R de reciclar
R de reduzir
R de reaproveitar
E R de restaurar
Não se esqueça destes quatro erres
Pois só assim você vai construir
Um novo mundo para habitarmos”


“Ouçam a Natureza
Ela está gemendo
Ouçam quanta tristeza
Parece que ela está morrendo
Somos filhos
Somos filhos
Somos os filhos de Deus...”


Contar a história “ Era uma vez Romanos 8”
No parque faça desenhos, no chão, com giz e peça para que as crianças andem sobre cada um deles:
Confeccionar, junto com as crianças, um pequeno espanador para que as crianças levem de lembrança.
APOSTILA: Desenvolver as atividades da abertura até a cor azul.

`Trabalhar a fixação da cor azul e das formas geométricas brincando com blocos lógicos contornando-os no papel
Amarrar uma fita azul no braço de cada criança
AZUL É A COR DO CÉU E TAMBÉM A COR DO MAR
COM OS OLHINHOS BEM ABERTOS, TUDO AZUL VOU ENCHERGAR

LANCHE





Passar a atividade de recreação.

RECREAÇÃO: SENTIDOS CONTRÁRIOS
Objetivo - discriminar "no mesmo sentido" e "em sentido contrário"
Providenciar duas bolas
1º fase - Divida a classe em duas filas e dê uma bola ao primeiro aluno de cada fila. A um sinal seu, o jogo terá início, sendo que cada criança deverá passar a bola para a que está atrás. Ganhará o jogo a equipe que terminar em primeiro lugar a passagem das bolas.
2º fase - Nesta fase, a bola que está na mão do último aluno de cada fila será passada para frente.
3º - fase - Em cada uma das filas a bola será entregue à última criança que irá passá-la para frente, enquanto, na outra fila, a primeira deverá passar a bola para trás.
4º fase- Solicite às crianças que descrevam verbalmente as três fases, introduzindo as expressões no mesmo sentido, para os percursos das bolas nas duas primeiras fases e em sentidos contrários, para os percursos das bolas na terceira fase.
5º fase - Repita a brincadeira, utilizando, ao das ordens. As expressões no mesmo sentido e em sentido contrário. Exemplo: "Vocês querem que as bolas caminhem no mesmo sentido ou em sentido contrário?"

ENTREGA DE LEMBRANCINHAS
SAÍDA






SEGUNDO DIA

Receber as crianças com MASSA DE MODELAR.
Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Contar a história da Dona Vassoura:

A VASSOURA EM EXPOSIÇÃO DEVERÁ ESTAR ESCONDIDA E ENFEITADA COM LAÇOS DE FITA, OLHOS, BOCA NARIZ PARA SER O PERSONAGEM FALANTE DA HISTÓRIA.


TRABALHO O DIA TODO, TODO DIA SEM FALHAR
NÃO CONHEÇO FERIADO, NEM SEI O QUE É REPOUSAR
SEMPRE EM PÉ, SEMPRE PRONTA
PENSAM QUE EU SOU DE AÇO?

SEI QUE SOU UMA VASSOURA, MAS DURMO EM PÉ DE CANSAÇO!
SE A VISITA É BEM CHATA E COM A HORA NÃO SE IMPORTA
ME VIRAM DE CABEÇA PRA BAIXO E FICO ATRÁS DA PORTA

DETERGENTE E SABÃO ARDEM MEUS OLHOS PRA VALER
E SABÃO EM PÓ ENTÃO?
AI, COMO É DIFÍCIL VIVER

MINHA MAIOR INIMIGA É AQUELA SUJEIRINHA TEIMOSA
QUE GRUDA NO CHÃO FEITO COLA E COMIGO SE FAZ DE GOSTOSA

QUANDO É DIA DE FESTA, MÊS ESCONDEM COM CERTEZA
MAS QUANDO A FESTA ACABA LEMBRAM DE MIM PRA LIMPEZA

ENQUANTO HÁ MÚSICA E GENTE TÊM VERGONHA DE MIM
EU FICO TÃO CHATEADA DE SÓ SER LEMBRADA NO FIM

DE MADRUGADA TODOS DORMEM, MENOS EU E O LIXEIRO QUE VARREMOS A SUJEIRA DAS RUAS DO MUNO INTEIRO

AS PRAIAS SÃO TÃO GRANDES, MORRO DE TANTO TRABALHAR
SE TODOS SUJASSEM MENOS, MENOS TINHA PRA LIMPAR

QUANTO MAIS VELHA EU FICO BEM MAIS EU QUERO FICAR,
POIS SÓ DE BEM VELHA ME DEIXAM EM PAZ PRA BRINCAR.

Ler, com as crianças, as fichas com os nomes de cada membro da patrulha da limpeza
Formar frases orais com as crianças sobre a vassoura e escrever em um papel que deverá ficar perto da vassoura

Brincar no pátio de andar sobre os traços:

Confeccionar uma mini vassoura para cada criança levar de lembrança

APOSTILA
Desenvolver as atividades da: história até a cor vermelha.

Pedir para que as crianças tragam objetos de casa que possuem a cor vermelha.
DESTA SACOLA MEUS COLEGAS, UMA PEÇA VOU TIRAR
PRESTAREI MUITA ATENÇÃO PRA PODER ADVINHAR

Fazer um relógio no color sete vermelho e colocar no pulso de cada criança



A maçã é vermelha e o tomate é seu par. Com tinta vermelhinha um coração vou pintar



Recreação:
Brincando de roda:
Escolher um cântico.
Objetivo - Discriminar "no mesmo sentido e em sentidos contrários" em situações concretas
As crianças devem , dando-se as mãos, formar duas rodas como está indicando a figura abaixo









1º fase - Bata palmas e peça que as duas rodas girem no mesmo sentido
2 º fase - Peça, agora, que cada roda gire em sentido contrário ao da outra
Durante a atividade, todos cantam uma cantiga qualquer. Combine com as crianças, que todas as vezes que o estribilho for entoado, elas deverão mudar o sentido da roda a que pertencem, isto é, deverão girar em sentido contrário.













TERCEIRO DIA



RODINHA: HISTÓRIA COM PARTICIPAÇÃO


A PARTICIPAÇÃO DAS CRIANÇAS DEVERÁ SER DA SEGUINTE FORMA:
a) respondendo perguntas cujas respostas complementam ou corrijam a história;
b) percebendo "certo e errado
c) "dizendo se a comida citada é doce ou salgada

MOTIVAÇÃO

A tia Mimi e tio João moram numa fazenda pequena, Certa manhã tia Mimi foi ao galinheiro dar comida às .... e viu um rato saltar do cesto onde guardava o milho. Vocês conhecem algum bichinho que come milho? ....
Tia Mimi, ficou brava quando viu o rato e foi buscar uma ratoeira para pegar o .....
O ti João, que estava na sala lendo o jornal e lendo seu óculos, ( aguardar para ver se alguém protesta - caso não percebam, perguntar - certo ou errado?)
Tio João perguntou à tia .....: ratos, outra vez?
Tia Mimi, com a ratoeira na mão, abriu a porta e saiu pela janela ( aguardar) e foi arrumar a ratoeira perto do cesto. Quando chegou, viu o rato roendo o milho, muito feliz. Não teve dúvidas, pegou uma vassoura e foi bater nas galinhas ( aguardar),. Mas o ratinho foi muito esperto e fugiu para o mato.
Tia .... armou a ratoeira e foi para casa almoçar. Pegou a panela de arroz, experimentou um pouco e viu que estava faltando o açúcar ( aguardar). Depois pegou a forma de bolo, acendeu o forno e colocou o bolo na geladeira para assar ( aguardar). Daí, sentou-se à mesa junto com tio .... e começaram a falar sobre alguns alimentos que vocês vão dizer se são doces ou salgados ( arroz, feijão, goiabada, bife, sorvete, ovo frito, geleia, café com leite, carne assada, batata frita, brigadeiro)


Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Ler as fichas, dos objetos de limpeza, juntamente com as crianças e confeccionar cartazes com frases sobre a limpeza, para uma pequena passeata dentro da escola visitando as outras salas de aula e a recreação.
Realizar a passeata com a PATRULHA DA LIMPEZA e fixar os cartazes em pontos estratégicos
APOSTILA: Copiar da lousa os desenhos




Trabalhar os blocos lógicos das formas geométricas pedindo que as crianças classifiquem-os livremente. Observar se as classificações foram satisfatórias como: cor, tamanho, formas, etc. Caso não tenham conseguido introduzir algumas classificações para que possam fazer outras livremente.
Brincar de acerte o alvo jogando o lixo no cesto.
Confeccionar, juntamente com as crianças uma medalha de vencedores na ação limpeza:









A medalha deverá ser entregue no final do planejamento


LANCHE
HIGIENE
RECREAÇÃO
O JOGO DAS FILAS
Objetivo - Desenvolver os conceitos "por baixo", "por cima", "pelo lado esquerdo" e "pelo lado direito"
Providenciar duas bolas.
Os alunos devem colocar-se, formando duas filas. O primeiro aluno de cada fila receberá uma bola e deverá passá-la para a criança que estiver atrás, obedecendo à seguinte regra: a bola deverá ser passada "por cima" da cabeça dela. O último aluno da fila deverá pegar a bola e colocar-se à frente do primeiro e assim sucessivamente. O jogo termina quando o primeiro aluno de uma das filas retornar à posição inicial.
Repita várias vezes o jogo, alternando as regras como por exemplo: a bola será passada por baixo das pernas de cada aluno ou por um dos lados e assim por diante.

SAÍDA


















QUARTO DIA

RODINHA: HISTÓRIAS COM ABSURDOS
Perceber e identificar situações inadequadas


Contar uma pequena história e pedir às crianças que identifiquem o fato absurdo.

1 - Umas crianças foram fazer uma passeio no Jardim Zoológico e viram muitos bichos: elefantes, cobras, girafas, macacos e também compraram livros
2- Sempre que está frio, nós vestimos um agasalho e sempre que vamos à praia, vestimos uma capa de chuva.
3- Comi uma maçã azul depois do almoço.
4- Outro dia fui ao galinheiro visitar os gatos que cuidavam dos seus gatinhos. Os gatos gostam muito de tomar leite.
5- João brincou o dia inteiro, foi à escola e à noite estava com muito sono. Por isso, ele foi dormir no jardim.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:
Relembrar a história da Dona Vassoura


Desenhar as formas geométricas na lousa e pedir que colem palitos de fósforo formando as formas que estão desenhadas




Depois de colarem com palitos deverão copiar usando gizão de cera

Pintura livre com tintura a dedo, fazendo a interrogação:
Como posso pintar livremente e deixar a sala em ordem?


Brincar com os blocos lógicos:
Colocar quatro blocos ( triângulo, círculo, retângulo e quadrado) para as crianças observarem. Depois cantar, abaixar a cabeça e a professora retira um bloco. As crianças devem adivinhar o bloco que foi retirado.
Recitar: UM DE NÓS FOI SE EMBORA
QUEM SERÁ? VEM FALAR
E SERÁ APLAUDIDO
QUANDO O BLOCO ACERTAR






























QUINTO DIA


RODINHA:
Combinar com as crianças que a professora fará um gesto e elas falarão a palavra amarelo". O gesto poderá ser levantar o braço, a mão, etc.

Era uma vez um rei que vivia num castelo( gesto). Esse rei tinha uma filha! Era uma princesinha muito boa, inteligente e muito obediente. Todos os dias elas se levantava muito alegre e vestia o seu vestido (gesto) e ia ao jardim do palácio colher uma flor (gesto).
Um dia, o rei estava muito ocupado, trabalhando em seu gabinete, quando a princesinha apareceu com os olhinhos arregalados...
que foi, minha filha? O que aconteceu?
- Papai, esta noite eu estava dormindo e, de repente, ouvi no corredor um grande barulho. Acordei, abri os olhos e vi, diante da porta do meu quarto um gato ( gesto)
O rei ouviu sua filha, sorriu e disse:
- É peraltice de um copeiro aqui do castelo, conheço esse moço! À noite, coloca seu gato amarelo para caçar os ratos do castelo.
Que fez o rei?
Mandou chamar o chefe dos guardas e disse:
- Chefe, esta noite minha filha estava dormindo e, de repente, ouviu um barulho no corredor e acordou. Pois bem, na porta do quarto, minha filha viu um gato( gesto).
- Já sei, é Sebastião, o copeiro. Esta noite errou o caminho e entrou no quarto da princesinha.
Vejamos o que fez o chefe dos guardas: ele preparou uma lata de tinta bem grande; tinta azul. E à noite, ficou escondido no alto da escada, atrás da porta. Quando chegou a noite, o chefe dos guardas, bem escondido, ouviu passos no corredor... Quem seria? O gato ( gesto)
Sebastião, o copeiro peralta começou a subir a escada. Quando ele estava no meio da escada, o chefe dos guardas pegou a lata de tinta azul e zás... despejou a tinta em cima dele.
O copeiro e seu gato ficaram...
Esperar as crianças responderem. A maioria dirá, com certeza amarelo, mas a professora discordará e dirá que primeiro será preciso fazer a experiência, misturar as tintas amarela e azul e perceber o resultado ... verde!
Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:
Versinho para decorar:
CUIDO DA MINHA ESCOLA
NÃO JOGO PAPEL NO CHÃO
Sou uma criança educada
SUJEIRA? NÃO GOSTO, NÃO!
Confecção e exposição de vários trabalhos criados com sucatas.

Brincadeira do espelho;
Distribuir cartões com as formas geométricas estudadas. Dividir a turma em duas. Uma deverá ser estátua exibindo o seu cartão. A outra turma deverá, ao sinal da professora, procurar o seu par, que deverá estar com o mesmo cartão e imitar a posição da estátua como se estivesse num espelho.

Copiar os traços:




Pintar os desenhos da história da dona vassoura e desenhar os personagens.

LANCHE
HIGIENE / RECREAÇÃO / Entregar as medalhas.
SAÍDA







TERCEIRA SEMANA - A CIDADE
PRIMEIRO DIA


RODINHA: Conversar sobre o fim de semana

Atividades de colagem
O professor contará a história do artista maluco, que um dia resolveu fazer a maior de todas as maluquices: colar no papel tudo o que encontrasse pelo caminho. Propor às crianças que elas também sejam artístas malucas e colem no papel tudo o que têm sobre a mesa ( pedaços de papel, pedaços de tecido, forminhas de doce, palitos de sorvete, etc). Estimular a exploração do espaço e a criação de situações diferentes. A cola será colocada em pratinhos para ser utilizada com pincel grosso.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Conversar sobre a cidade: O que existe na cidade. Onde gostam mais de ir na cidade. Falar sobre o trânsito, residências, fábricas, comércio, hospitais, restaurantes, sorveterias, farmácias, praças, museus, escolas, pronto socorro, Biblioteca, polícia, bombeiro, clubes, etc.
Sair para passear pela cidade: museus, Bibliotecas, etc

APOSTILA: Desenhar o que viu durante o passeio. Desenhe a sua cidade. Recorte e cole gravuras que represente a sua cidade ( Esta atividade pode ser dada como tarefa, as crianças trarão as figuras para colarem na apostila)

LANCHE

AREIA

SAÍDA mandar bilhete pedindo dinheiro para o sorvete do próximo dia



SEGUNDO DIA

Receber as crianças com gravuras de tudo que há na cidade, ( com olhos, boca e nariz nas gravuras) recortadas e pintadas para colarem enfeites e o palito atrás e elaborarem os fantoches de palitos.
Deixar que produzam as histórias oralmente e apresentem para os colegas, para facilitar pode ser feito grupos de três.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Sair para ir à Biblioteca Municipal observar fotos e História da região antes de ser construída a cidade e tomar sorvete.

Caso a cidade tenha tido índios no inicio de sua História:
Brincar: Dança indígena

Ensina-se o grito dos índios, batendo a mão na boca.
Com um tambor, a professora fará o ritmo da dança indígena a ser executada livremente pelas crianças em círculo.
Recitar quadrinhas e músicas durante as danças.
Cantar:
“ Eles são indiozinhos com os pés no chão...”

Caso tenha sido iniciada com outros povos: negros, portugueses, etc. Resgatar o costumes deste povos que foram os primeiros habitantes das terras que hoje é a nossa cidade.

APOSTILA Desenho dos primeiros habitantes de nossa cidade
Desenhar o bolo e escrever o nome da cidade
LANCHE

AREIA

SAÍDA

TERCEIRO DIA

Receber as crianças com carrinhos e placas de trânsito, elaborar estradas.

RODINHA:
MÚSICA: “O vermelho é pra parar. Amarelo é pra esperar e o verde quer dizer que eu já posa atravessar. Bibi fomfom faz o caminhão. Bibi fomfom cuidado e atenção.”
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

APOSTILA Pintar as placas de trânsito.

Entrar em contato com o Departamento de Trânsito para agendar, se possível, a visita de um guarda de trânsito na escola para explicar as regras estabelecidas no trânsito..

LANCHE

AREIA

SAÍDA















QUARTO DIA


RODINHA: atividades de pintura
O professor contará uma história e, ao mesmo tempo, irá desenhando na lousa o que for relatando. "Era uma vez um uma cidade onde havia muitas tintas. Elas brincavam muito com papéis, misturavam-se entre si e viviam se "vestindo" de cara nova! Do outro lado da cidade, moravam os palitinhos, muito magros, compridos e de cabeça peluda. Eram tristes porque não serviam para nada. Uma tinta bondosa resolveu ir buscá-los e inventar alguma coisa para fazer com eles. Colocou sua cabecinha na tinta e percebeu que, passando-a num papel ou numa parede, desenhava coisas lindas! Daí para frente, eles se transformaram em pincéis e hoje são grandes amigos das tintas.
O professor, mostrando como se usa cada pincel, entregará um a cada criança; distribuirá também as folhas de papel e, iniciando a atividade, estimulará as crianças a manusear corretamente o material, descobrindo traços, ocupando espaços em branco, brincando com tintas.

ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:
Estudar os meios de transportes que existiam antigamente, mostrando gravuras e se puder levar as crianças para verem uma exposição de trens ou carros antigos.
APOSTILA

Entrar em contato com o bombeiro para um passeio pela cidade no carro de bombeiro ou um visita, caso não for possível, trabalhar com Artes e recreação.

LANCHE

AREIA

SAÍDA



QUINTO DIA

Receber as crianças com caixas de vários tamanhos, papéis recortados em forma de janelas, tintas para pintarem as caixas e deixar que montem vários prédios, casas, lojas, etc. para iniciarem a construção de uma maquete da cidade.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

APOSTILA recorte e brinque

Entrar em contato com um síndico de um prédio para que as crianças possam andar de elevador e observarem a cidade de um andar alto, mas que ofereça segurança com grade.

LANCHE

AREIA

SAÍDA


QUARTA SEMANA - JOSUÉ

PRIMEIRO DIA

Ao professor:
Somos positivos nestes dias, mais do que nunca. Não devemos adiar ou fixar os nossos olhos no futuro. Nosso amor à Deus se demonstra ao apascentarmos os seus cordeirinhos e profetas.
Para que as datas comemorativas não sejam apenas informações vagas transmitidas às crianças, estamos associando algumas datas e acontecimentos, a fatos e personagens bíblicos. Segue anexo um estudo a ser trabalhado com as crianças sobre o livro de Josué. Ao se aproximar o dia 25 de agosto, no qual se comemora o Dia do Soldado, nada como estudar sobre esse grande general que, conduzido pelo Senhor dos Exércitos, foi vitorioso em todas as suas estratégias de combate para apropriação de Canaã, a terra prometida.
MARCHA, VALENTE,
DA TRIBO DE ISRAEL
PRÁ TERRA PROMETIDA
QUE MANA LEITE E MEL

JOSUÉ - DIA DO SOLDADO

Cada criança poderá decorar um verso e apresentar para as outras turmas como uma peça de teatro.
O livro de Josué
Nos conta várias histórias
De um homem cheio de fé
Sabedoria e vitórias

Sendo proclamado líder
Depois que morreu Moisés
Recebeu de Deus domínio
Onde pisassem seus pés

Também foi ele incumbido
De juntar todo Israel
E tomar posse da terra
Que manava leite e mel

Josué então mandou
À terra desconhecida
Dois homens para espiarem
A Canaã prometida.

Porém, contaram ao rei
Que havia na cidade
Dois espias escondidos
Na morada de Raabe

Depois disso Josué
Reunindo toda a Nação
Lhes disse que em três dias
Cruzariam o rio Jordão

Chegando eles ao rio
Cheios de muita coragem
As águas se amontoaram
Permitindo-lhes passagem


E após cruzarem o rio
Por sete dias marcharam
E com trombetas e gritos
Muralhas desmoronaram

A todos quanto encontraram
Mataram ao fio da espada
E a cidade possuída
Foi totalmente queimada

Tendo escondido os espias
E os ajudado escapar
Raabe foi preservada
E conseguiu se salvar

Venceu reis, tomou nações
E mandou o sol parar,
O Senhor foi um com ele,
Em todo tempo e lugar!



Informações ao professor

No dia 25 de agosto, comemora-se o dia do Soldado, sendo a data de nascimento de Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, patrono do Exército Nacional. Estude sobre este assunto, por meio de pesquisas para que possa passar informações sobre Duque de Caxias.
Em sua juventude Josué serviu a Moisés ( Êxodo: 24:13; 32: 17; 33:11)
Leia Números 27: 18-23 - A escolha de Josué

A leitura de todo o livro de Josué pelo professor dará uma visão geral da vida desse servo de Deus.

Desenvolvimento

Primeiro dia

Rodinha: Conversa informal
Vocês já viram um soldado? Conhecem alguém que seja um soldado? O que faz um soldado? E um bombeiro? Quem comanda os soldados? A quem obedecem? ( Deixar que as crianças falem livremente suas experiências)
Hoje nós vamos começar a estudar a história de um soldado da Bíblia. Era ele quem comandava outros soldados. Alguém sabe de quem estou falando? Estou falando de Josué. Josué era um homem que servia a Deus e O obedecia. Ele tinha o encargo de guiar o povo de Israel, para se apoderar da terra de Canaã. E Josué foi fortalecido pelo Senhor. Ouçam o que foi dito a Josué ( Leia os versículos 6 e 9 do capítulo 1 de Josué e faça comentários)




Decorar: Josué 1:9
As crianças poderão:
 dramatizar a história estudada
 Imitar os soldados

APOSTILA:
Desenhar a história que ouviu


"LANCHE

RECREAÇÃO
Atividades de marcha com a música "Marcha soldado" e a letra "Marcha valente"

SAÍDA



















SEGUNDO DIA - OS ESPIAS EM JERICÓ

RODINHA
Vamos ver alguns desenhos que vocês fizeram ontem? Quem gostaria de falar sobre seu desenho?
Agora eu preciso de dois de vocês para irem até a porta da escola e contarem o que viram.
Enquanto aguarda a volta dos alunos, motivar os outros para o relato dos colegas.
Foi de uma missão assim que Josué encarregou dois israelitas. Eles foram enviados a uma cidade chamada Jericó. Vamos repetir: JERICÓ E eles olharam tudo, para depois contar a Josué como era a cidade. Eles viram que a cidade tinha muros muito altos e muito largos. Tão largos que, em cima deles, haviam casas. E foi numa dessas casas, a de Raabe, que eles se esconderam, quando o rei de Jericó mandou procurá-los.

Leia Josué capítulo 2 e use um vocabulário adequado ao narrar o sucedido aos seus alunos. Ao chegar ao ponto onde foi atada uma fita vermelha à janela da casa de Raabe, apresente uma fita explorando a cor, tamanho e espessura dela.

Relembrar o versículo memorizado no dia anterior

Dramatize a história com objetos

Trabalhe o sentido da "visão" como um dos orgãos dos sentidos, apresente um desenho de olhos: O que os espias mais utilizaram ao chegar em Jericó? Que cuidados devemos Ter com os nossos olhos?

Construção de um binóculos de sucata

MATERIAL
2 papelões de papel higiênico
cordão
papel celofone colorido
fita crepe
cola
tinta

Recortar duas formas circulares do papel celofone e colar em um dos lados dos papelões
Unir os dois papelões com fita crepe
Colocar cada ponta do cordão em um papelão e colar fita crepe
Pintar com cores vivas






















Terceiro dia

Quem gostaria de me dizer o nome do soldado que Deus chamou para guiar Seu povo? E como Deus lhe falou? Quem foi até a cidade de Jericó? Para que? O que aconteceu lá? Como a casa daquela mulher ficou marcada para não ser destruída? Agora, vamos fazer uma brincadeira.

Riscar o chão dois traços grandes e paralelos significado um rio

Façamos de conta que aqui é um rio muito largo e muito fundo que nós somos o povo de Israel e que, junto com Josué precisamos atravessar este rio para entrarmos na terra que Deus nos deu. Alguém se lembra do nome desta terra? Então, vamos repetir
"CANAÃ. Como vamos fazer para atravessar o rio?

Aguardar sugestões e depois que se assentem
Cobrir uma caixa de papelão com papel laminado dourado, que será a arca.

Josué sabia que Deus ia fazer algo maravilhoso e por isto ele falou ao povo: - Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós. Josué 3:5

Explique às crianças sobre como devemos estar preparados para ver o que Deus opera, pois, caso contrário, os milagres serão apenas causalidades que estaremos apontando como coisas naturais, mesmo presenciando-os.

O Senhor falou a Josué como eles iriam passar pelo Jordão e, assim, ele orientou o povo: os sacerdotes iriam à frente do povo, levando a Arca da Aliança e, quando chegassem à margem do rio sabem o que deveriam fazer? Continuar andando. Mas será que eles afundaram nas águas? Nada disso. Quando os sacerdotes tocaram os pés nas águas, elas se amontoaram.

Continue a narração: Josué 3:14 a 4"24. Tenha na sala doze pedras ao narrar a tirada das pedras do meio do rio e as que foram colocadas.


 Dramatize a passagem e as pedras colocadas no meio do rio.
 Cantar: Marcha valente, Canaã é nossa, nós a tomamos...
 Contar as pedras, passando-as de um lado para outro
 Fazer chapéus e espadas de jornal

APOSTILA
Desenhe o que você aprendeu hoje sobre Josué e a passagem pelo rio Jordão.

LANCHE

RECREAÇÃO

SAÍDA: As crianças deverão sair enfeitadas de soldados com os chapeús e espadas.











Quarto dia - A tomada de Jericó

Todos se lembram daqueles dois espias que Josué mandou a uma cidade? Vocês se lembram do nome dela? Hoje, nós vamos ouvir sobre como Deus dirigiu Josué para que Jericó fosse tomada.

Use taquinhos de madeira ( O pequeno construtor) ou coisa semelhante para narrar a história

Vamos construir os muros da cidade de Jericó? Eles têm que ser bem fortes, pois em cima deles há casas. Eu tenho agora esta fita para colocar em uma das casas. De que cor é a fita? Em qual casa eu devo colocá-la? De quem é a casa? Para que é a fita?
Agora já que construímos os muros da cidade e marcamos a casa de Raabe, para que não fosse destruída, vejamos o que o Senhor falou a Josué:

Leia os versículos 3 e 4 de Josué 6

Como será que Jericó ficou, ao ver Josué com todos os seus soldados calados, em volta dos muros, sendo que só os sacerdotes tocavam trombetas? E de madrugada, no segundo dia, lá estavam eles. No terceiro, no quarto, no quinto... No sexto dia o povo de Jericó já nem devia estar dando importância a isto. Mas, no sétimo dia ... Ouçam o que o Senhor falou a Josué:

Leia Josué 6: 4-5

E assim, aconteceu ( Josué 6: 15-16 e 26)

Derrube os taquinhos, deixando os da casa de Raabe.

Por que esta casa não caiu? Isto mesmo, é a casa da mulher que tinha escondido os espias. Somente ela, sua mãe e seus parentes que estavam em sua casa não foram destruídos.
APOSTILA
Desenho da história
colagem de palitos formando soldado com trombeta































QUINTO DIA

Algum de vocês quer nos contar como a cidade de Jericó foi tomada pelo povo de Israel?
E aconteceu uma coisa da qual o Senhor não se agradou. Ele disse que ninguém deveria apanhar nada do que encontrasse na cidade, somente a prata, o ouro e utensílios de bronze e ferro e seriam para o tesouro ( Josué 6:9). Porém, um homem O desobedeceu. Vejamos o que aconteceu.

Narre em poucas palavras o capítulo 7 de Josué

Mas, depois Josué voltou a ai e esta foi tomada como havia falado o Senhor.
Josué sabia que todas as vezes que Deus lhe falava para ir à batalha, ele seria vitorioso. Vejamos, então, como Israel foi vencedor em outra batalha.

Faça desenhos do sol e da lua em cartolina, cobrindo com laminado dourado e prateado.

Quem gostaria de ser o sol? Quem gostaria de ser a lua? Quando é dia, o que vemos no céu? E quando é noite? Um vai e outro vem, não é mesmo?

Risque no chão um traçado circular representando o sol e a criança que estará representando a lua deverá se mover ao redor da criança que estará representando a Terra, enquanto que a Terra deverá estar se movendo ao redor do sol.

O que pode acontecer se eles pararem? Uma vez eles pararam, vocês sabiam? E pararam, porque um homem mandou que parassem! Quem será este homem? Vamos ver o que aconteceu? O sol parou por ordem de Josué, um homem de Deus, isso significa que todo sistema solar parou: a Terra, a Lua e todos os outros Planetas.

Narre Josué 10: 6-15

Depois desta vitória o Senhor fez Josué vencedor em outras batalhas. As terras que foram tomadas, ele distribuiu ao povo e os exortava a sempre servir ao Senhor dos Exércitos.

APOSTILA
Desenho livre

Faça o movimento do Terra passando o dedo com tinta no círculo abaixo






















Quinta SEMANA
PRIMEIRO DIA:

Explicação do tema da semana e realizar uma EXCURSÃO até a Biblioteca Municipal, apresentando os diferentes livros, mostrando os vários livros de Literatura Infantil e escolher uma história para ser lida.
As crianças devem ser conscientizadas da ficção das histórias que elas foram criadas pela imaginação dos autores
APOSTILA:
Desenho do que viu durante a excursão e sobre a história lida na Biblioteca

ALINHAMENTO
O alinhamento aparece através de brincadeiras, fazendo-os alinharem objetos em linha reta, numa curva, em linhas sinuosas, etc.

LANCHE

HIGIENE

RECREAÇÃO

Brincar de estátua















SEGUNDO DIA
RECEBER AS CRIANÇAS COM VÁRIOS LIVROS DE HISTÓRIAS INFANTIS
Levá-los até a biblioteca da escola, explicar o funcionamento, dizendo que podem levar livros para lerem em casa, só que precisa fazer a ficha com a professora para que nenhum livro se perca.
Conversar sobre a importância dos livros. O quanto aprendemos com eles e o cuidado necessário para conservação dos livros.

Cânticos
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:

Mostrar um livro.
Explorar a capa, os personagens, as letras, o tamanho das letras e dos desenhos, espessura, a marca da editora, etc.
Contar a história:

APOSTILA
Desenho da história,
LANCHE
HIGIENE
RECREAÇÃO
Brincar o JOGO DA BATATA

"Batata que passa, passa. Batata que já passou, quem está com a batata, coitadinho já dançou."
As crianças em círculo vão passando a bola de mão em mão, falando a quadrinha. No final, quem estiver com a bola, vai para o centro da roda e dança ou paga uma prenda.


SAÍDA
TERCEIRO DIA

Receber as crianças com PAPÉIS PARA DESENHO LIVRE. Distribuir vários materiais para o desenho, como gizão, lápis, pincel atômico para que a criança escolha o que quer usar.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Contar outra História dos livros de Literatura Infantil da Biblioteca do Reino.
APOSTILA
Desenhe outro final para história
LANCHE
RECREAÇÃO
BRINCAR: Os sapinhos

Desenhar um círculo no chão: o lago
As crianças são os sapinhos que estão agachados na borda da lagoa. Uma ou duas crianças são os caçadores que dão volta ao redor da lagoa para caçar os sapinhos que estão pulando fora da lagoa. Quando cessar o barulho das palmas da professora, os sapinhos pulam dentro da lagoa e a que for pega pelo caçador será o novo caçador.


Brincar de coelhinho na toca

SAÍDA







QUARTO DIA

RODINHA
Colocar 3 ou 4 objetos e esconder com um tapete. Uma criança sai da sala e algum objeto é modificado ou retirado e a criança tem que perceber o que mudou.
Esconder objetos em diferentes lugares
Trabalhar com fichas, tendo gravuras de flores, animais, brinquedos ou pessoas. O professor coloca as fichas, para a classe, esconde uma e pede que uma criança diga qual delas foi retirada. Em a criança acertando, ela vai até a sua folha, que contém as mesmas gravuras, e pinte, com a cor que a professora pedir, a gravura que ela acertou. Poderemos modificar o procedimento, fazendo com que todas as crianças pintem a gravura que já saiu.


HISTÓRIA COM A PARTICIPAÇÃO DA CRIANÇA
Esta forma de apresentação de história é um tipo de jogo ou brincadeira, em que as crianças se divertem muito. O convite à participação faz-se tanto pela própria inflexão reticente do narrador, como por gestos de quem dirige, sons onomatopeicos, músicas, movimentos coporais sugeridos pela história.

HISTÓRIAS INTERROMPIDAS COM FINAL CRIADO PELAS CRIANÇAS
Para essa atividade, as histórias mais próprias são aquelas que têm condições de ser interrompidas em algum momento de suspense, ou no famoso e tradicional "foram felizes para sempre. A dinâmica da criação do final pode ser diversificada. Pode ser individual, coletiva ou em pequenos grupos. Cada grupo apresenta seu final, podendo até desenhá-lo.

Contar outra hsitória da Literatura Infantil do Reino, seguindo as sugestões acima.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Apresentar o livro:
Contar a história explorando sons, entonação de voz, número de personagens, ilustrações, capa, etc.
A história poderá ser contado com maior criatividade: Use material alternativo. Como o vidro de cola representando os personagens, palitos de picolé, blocos lógicos, papel rasgado, etc para os objetos. Depois reconte a história mostrando as gravuras do livro.



APOSTILA: Desenhar a história que ouviu
LANCHE
HIGIENE
RECREAÇÃO

SAÍDA


































QUINTO DIA

Receber as crianças com GRAVURAS DO GAVIÃO COLADO EM CARTOLINA E PALITOS DE PICOLÉ PARA COLAREM E FAZEREM O FANTOCHE DE VARETA

Cânticos :
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Contar a história do Gavião.
Conversa sobre habitat, nascimento, alimentação, etc
APOSTILA: fazer o alinhavo do ovo
Pintura vazada do gavião usando o molde.

Colar palitos de fósforo na quantidade que representa os pés do gavião
Desenhar a história que ouviu

LANCHE
HIGIENE
RECREAÇÃO

Brincar:
Cantar: escravos de Jó, jogavam caxangá
Tira, põe. Deixa ficar

Bis - {Guerreiros, com guerreiros fazem zigue,zigue,zá!

As crianças em roda, sentadas no chão, com uma pedrinha, caixa de fósforo ou outro objeto de pequena dimensão. A medida que cantam a música movimentam o objeto.

/ SAÍDA




SEMANA DA PÁTRIA

PRIMEIRO DIA

Receber as crianças com a classe toda enfeitada de verde e amarelo e músicas: Hino Nacional, Salve Lindo pendão da Esperança, Já podeis da Pátria filhos, etc.

RODINHA
Explorar o tema da Semana com conversas: Quem sabe o que é Pátria?
Apresentar um mapa do Brasil
Oração: Agradecer a Deus pela nossa Pátria.

Cantar o hino Nacional em posição de reverência.

ATENÇÃO: todos os dias da semana da Pátria, as crianças deverão sair enfeitadas de verde e amarelo

















SEGUNDO DIA


Receber as crianças com bexigas verde e amarelo e brincar de estourá-las.

RODINHA
Continuar a conversa sobre a Semana da Pátria e introduzir o tema: D. Pedro I
Cantar: Liberdade! Liberdade! Abre as asas sobre nós.

Providenciar uma gravura das margens do rio Ipiranga.
Conversar sobre D.Pedro I
Contado que havia outros povos que mandavam no Brasil e o tornavam dependente de outros países, até que D. Pedro I deu grito de Independência e libertou o Brasil.
Hoje o Brasil é um país livre deste domínio antigo, porém ainda há muitos países que dominam sobre o Brasil, devido a necessidade de empréstimos de dinheiro para melhorias no País.
Explorar o tema LIBERDADE, mostrando que em Cristo todos somos livres.
Amarrar as mãos de todos com papel crepom explicando que depois do grito todos quebrarão as amarras.
O professor grita "Liberdade!"
"Todos rasgam as amarras"
Coloque um Hino da Pátria: "Liberdade! Liberdade! Abre as asas sobre nós..."
Cânticos: livre, livre...
Grito de todos juntos: "SOMOS LIVRES!"

Apostila

Lanche

Areia

Terceiro dia
Receber as crianças com bandeirinhas

RODINHA: Explicar sobre a Bandeira que é o símbolo da nossa Pátria, perguntar quem já viu a nossa
Bandeira. Explicar as cores da Bandeira e iniciar a confecção de uma grande Bandeira feita por todos. O professor desenha a Bandeira e deixa que as crianças colem papéis verdes picados ou folhas de árvores, papéis amarelos ou milho, papéis azuis ou brocal, 27 estrelas, explicando que cada estrela representa um Estado brasileiro.

Enquanto confeccionam a Bandeira deve estar tocando o Hino da Bandeira: "Salve Lindo pendão da esperança"

Cada criança receberá uma bandeirinha de lembrança

APOSTILA

LANCHE

AREIA

SAÍDA














TERCEIRA SEMANA

Preparar as mesas e receber as crianças com brinquedos pedagógicos.
Rodinha: atividades de rotina
Contar as histórias: O gato comeu
ATIVIDADES PREPARATÓRIAS
Conduzir a conversa, apresentando questões estimuladoras.
- Hoje a história é de um homem e um bichinho.
- Vamos ver quem adivinha qual é o bichinho que vai ser o primeiro a aparecer na história.
Dar pistas:
- Ele gosta de carne e toucinho, tem o corpo peludo, quatro patas, corre atrás de ratos e faz miau...miau. Isso mesmo, é um gato!
- Agora vamos ouvir a história para saber quais são os outros personagens.


Um homem guardou um pedaço de toucinho.
Veio o gato e comeu o toucinho.
Então o homem disse:
- Cadê o toucinho que estava aqui?
- O gato comeu.
- Cadê o gato?
- Foi pro mato.
- Cadê o mato?
- O fogo queimou.
- Cadê o fogo?
- A água apagou.
- Cadê a água?
- Os bichos beberam.
- Cadê os bichos?
- Voltaram pro mato.
- Mas o fogo não queimou o mato?
- O mato cresceu de novo.
Então o homem disse:
- Vou procurar os bichos que voltaram pro mato onde está o gato que comeu o toucinho que estava aqui.
Não achou o toucinho, nem o gato, nem o mato.
Só encontrou um filhote de elefante desgarrado, uma borboleta avoada, um pássaro cantador e uma tartaruga sem pressa.
O homem falou:
- Filhote, quer procurar o gato que comeu o toucinho que estava aqui?
- Quero, mas só depois que eu achar a minha mãe.
- Borboleta, quer procurar o gato que comeu toucinho que estava aqui?
- Quero, mas só depois que eu achar a minha flor.
- Pássaro, quer procurar o gato que comeu o toucinho que estava aqui?
- Quero, mas só depois que eu achar a árvore onde está o meu ninho.
- Tartaruga, quer procurar o gato que comeu o toucinho que estava aqui?
- Quero, mas só depois que eu achar minha fruta.
Como o homem não tinha nenhuma vontade de esperar que os bichos se decidissem a ajudá-lo, voltou para casa.
Encontrou o gato em cima do telhado.
- Gato, cadê o toucinho que estava aqui?
O gato não respondeu.
Deu um pulo,
entrou por uma porta,
saiu por outra e
fugiu pro mato.
E agora?...Agora é outra história.






- Explicar vocabulário.

Hora da conversa.É interessante encaminhar questões, relembrando a história, num diálogo entre professor e alunos.
Prof.- Cadê o toucinho que estava aqui?
Alunos- O gato comeu.
Prof.- Cadê o gato?

Alunos- Foi pro mato...

E assim por diante.

Propor outras perguntas:
- Será que o filhote achou a mamãe?
a borboleta achou a flor?
o pássaro achou a árvore e o ninho?
a tartaruga achou a fruta?E o gato, o que será que aconteceu quando ele entrou por uma porta e saiu por outra e fugiu pro mato?
Vamos continuar a história
RECREAÇÃO
JOGO- Chicotinho queimado. Esconder um objeto. As crianças saem para procurá-lo seguindo as pistas: "está quente" quando se aproximam do esconderijo; "está frio" quando se afastam.
AREIA
SAÍDA
----------------------------------------



























- Receber as crianças com tijolinhos de construção;

ATIVIDADES PREPARATÓRIAS:
 Retomando a história.
- Vocês se lembram da borboleta da história?
- Será que ela ajudou o homem a procurar o gato e o toucinho? Por quê?
 Movimento
Usar atividades onde as distâncias vão diminuindo, ficando cada vez menores. Usar tiras de papel no chão (vivenciando as situações), (ou fita crepe / giz).

LANCHE

ATIVIDADES RELACIONADAS:
 Recreação- Jogo: Lá vem o toucinho.
Dispõem se as crianças em círculo. No centro fica o "gato" segurando uma das pontas de uma corda, em cuja extremidade se amarrou um saquinho de areia, o "toucinho".
O jogador do meio, o "gato", inicia dizendo: "Lá vem o toucinho", fazendo girar a corda rasteiramente junto aos pés dos participantes. Estes deverão saltar no mesmo lugar, não deixando que o "toucinho" os toque.
Sai do jogo aquele que for tocado.(quem sair será convidado a ajudar a professora a observar quem foi tocado).
 Hora da conversa- Jogo: Voa ou não voa? (raciocínio verbal).
Encaminhar a brincadeira com uma pergunta:
- Pássaro voa?
As crianças devem responder rapidamente "voa" ou "não voa".
Apresentar outras perguntas:
- Borboleta voa? Elefante voa? Jacaré voa?
 Artes (expressão plástica)- Fantoches de vareta.
Montar fantoches de varetas usando desenhos, dobraduras (feitos pelos alunos).








SAÍDA
----------------------------------------

















- Receber as crianças com sucatas, durex e cola;
- Atividades de rotina com as músicas da semana;
- Retomar a história.

ATIVIDADES PREPARATÓRIAS:
 Retomando a história.
- Vocês lembram o que aconteceu quando o homem encontrou o pássaro?
- O que o passarinho deve fazer para encontrar seu ninho?
 Movimento
Continuar a seqüência das atividades propostas para se perceber a variação das distâncias:
- A árvore vai ficando cada vez mais longe do passarinho.(mostrar o desenho)
Explorar a situação, conduzindo questões tais como:
- Será que o primeiro passarinho vai voar mais ou menos que o segundo ou o terceiro? Por quê?
Vivenciar situações, onde o aluno possa andar ou movimentar objetos nas mesmas circunstâncias.

 Hora da conversa- Jogo: Pistas (raciocínio verbal).
Apresentar as características de um animal, dizendo:
- Perdi meu bichinho: tem quatro patas, casco e anda devagar (tartaruga).
- Perdi meu bichinho: ele é verde, tem bico, tem pena e fala assim: currupaco,papaco...
- Perdi meu bichinho: tem pêlo, quatro patas, bigodes e gosta de correr atrás de ratos...

LANCHE

 Artes (expressão plástica)- Confecção de bichinhos de isopor.
Material: caixa de ovos de isopor, papelão, cascas de ovos trituradas.
Técnicas: colar o material na parte recortada (cartolina) que forma o dorso, pintando-o no final.




SAÍDA
----------------------------------------------



















- Rodízio de jogos nas mesas;
- Cantar batendo palmas de maneiras diferentes para que as crianças façam igual. No comando das palmas, as crianças deverão;
- pular;
- assentar;
- levantar;
- rodopiar;
- deitar,etc...

Retomando a história
ATIVIDADES PREPARATÓRIAS:
- Quando o homem chegou ao mato, ele encontrou um filhote. Sabe que filhote era esse?
(mostrar uma ilustração de elefante)
- O que o filhote de elefante (ou elefantinho) procurava? Como podemos ajudá-lo?
ATIVIDADES RELACIONADAS:
 Hora da conversa:
- Quem já viu um elefante? Onde? Como ele é? Você gostaria de ganhar um elefante? Por quê?
 Colorir o desenho do elefante e do carro (já recortados).
Usá-los movimentando-os através dos caminhos construídos na sala.
 Movimento
1. Explorar atividades observando movimentos direcionais e distâncias entre pontos determinados (andar da mesa até o quadro, da porta até a janela- na sala)
2. Com tiras de papel ou cordões do mesmo tamanho, fazer caminhos paralelos.
Passar carrinhos pelos caminhos, verificando que as distâncias são as mesmas (no pátio).

QUARTA SEMANA
- alimentação
Primeiro dia - leite

Receber as crianças com .

RODINHA:

A MINHOCA DONDOCA

A minhoca Dondoca saiu para passear, mas começou a chover. Ela era muito vagarosa, não tinha guarda-chuva e ficou toda molhada! Tentou correr mas não conseguiu...

Após o relato, o professor deverá propor que as crianças passeiem com o giz de cera pela folha, fingindo ser a minhoca correndo da chuva.

Se houver interesse das crianças, o professor poderá mostrar a Dondoca e elas poderão colar bolinhas nela, mostrar um guarda-chuva ou outra atividade pertinente. Uma pintura também pode ser utilizada com sucesso.

Cântico:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Conversar com as crianças sobre quais alimentos elas mais gostam, que não gostam. Qual é a melhor hora na escola, etc.
Falar sobre o leite: a sua origem, o valor nutritivo, cálcio para os ossos, o sabor excelente do leite, mas tem pessoas que não gostam do leite puro então colocam açúcar, chocolate, groselha, banana, outras frutas, aveia, etc.
Falar sobre os alimentos que derivam do leite: o queijo, o danone, a manteiga, etc.
Servir o leite puro para que todos provem, depois colocar açúcar e servir.
Trabalhar a cor do leite, a cor branca, onde podemos encontrar esta cor na sala de aula, etc.
Imitar a vaca, a cabra, a ovelha, o gato, o cavalo, etc., ou seja, todos os animais mamíferos que se alimentam de leite quando filhotes.
Mostrar uma gravura de uma criança sendo amamentada e se possível um nenê mamando para que vejam a importância do leite no desenvolvimento infantil.

APOSTILA
O LEITE: Entregue giz de cera branco para que as crianças pintem todo o interior da caixa de leite, desenhada na apostila, depois prepare água com anilina em vários potinhos, coloque nas mesas e peçam para que as crianças pintem sobre a folha toda com pincel largo. A pintura branca que antes não aparecia será ressaltada.
. o bebê se alimenta de leite. Ele mama na mamãe ou na mamadeira. Desenhe:
.Os filhotes de muitos animais se alimentam de leite, eles são chamados de mamíferos. Circule os mamíferos
.pesquisa sobre os derivados do leite. Gravuras:
SUGESTÃO: No dia anterior pedir para que as mães mandem um lanche que seja derivado de leite.
.OS BARBANTES
MAIS CURTO, MAIS COMPRIDO
Distribua quatro pedaços de barbante para cada criança, peça que examinem esses pedaços de barbantes e verifiquem qual é o pedaço mais comprido e qual é mais curto. A seguir eles deverão arrumar esses pedaços de barbante na carteira, colocando-os em ordem, começando pelo mais comprido e em seguida colar na apostila.

LANCHE AREIA SAÍDA
























SEGUNDO DIA - LEGUMES

Receber as crianças com livros.

RODINHA:
QUENTE OU FRIO
Explorar cartazes de inverno e verão

Vamos colocar nossas mãozinhas dentro da água para sentir se ela está quente ou fria?
O professor colocará duas bacias plásticas no centro da sala, uma contendo água quente e outra água fria.
As crianças experimentarão a temperatura, colocando suas mãozinhas dentro das duas bacias.

Secador de cabelos e ventiladores ( o professor trará de casa)
A classe estará enfeitada: de um lado um grande sol, nuvens, pássaros e cartaz de praia, com pessoas de maiô. Do outro lado, um sol encoberto, nuvens cinzas, pessoas agasalhadas.
O professor aparecerá de óculos escuros, boné e dirá
Hei pessoal, hoje está fazendo um calor! Ufa! Como está quente! Irei até a praia (Ficar do lado das figuras de calor)
Outro professor aparecerá de casaco, gorro, luvas e dirá
"_ Oi turma, que frio! Precisei me agasalhar bastante! Desse lado aqui faz muito frio! Querem ver?
O professor do lado do frio, ligará o ventilador e chamará as crianças para sentirem o vento frio e repetirem: Frio!!!
O mesmo fará o professor do lado quente, ligando o secador de cabelos.
Se quiserem e se houver material, as crianças poderão escolher um lado para irem passear e dessa forma escolherem roupas para cada lado( roupas de baú) quente ou frio.
- O professor fará o gesto e as crianças deverão identificar os movimentos, descrevendo-os em seguida.
- Pintar
- Brincar
- Beber
- Passar
- Batom
- Calçar sapatos
- Recortar
- Rir
- Pular
- Espirrar
etc.

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Apresentar os legumes: a cenoura, o pimentão, a abóbora, a batata, etc.
Fazer pequenos fantoches, colados em palitos, de legumes e dar para as crianças enfeitarem.
Cada um deverá falar e decorar uma frase sobre o seu personagem para apresentarem na hora do lanche.
Ressaltar a importância dos legumes na nossa alimentação.
Levar para classe um exemplo de cada legume preparado para que provem.

APOSTILA: desenhe os legumes que você provou na sala de aula e escreva os nomes de cada um.

LANCHE : APRESENTAÇÃO

AREIA

LEMBRANCINHA : fantoche

SAÍDA


















Terceiro dia - AS VITAMINAS

Receber as crianças com brinquedos de utensílios de cozinha para que preparem alimentos e outros brinquedos.

- RODINHA poesias para decorar:

Todas as crianças dispõe as mãos fechadas. A professora vai cantando e batendo em cada mão das crianças sentadas em roda. Quando terminar a poesia, a mão que parou deve ficar escondida. Ganhará somente uma criança que sobrar uma mão.. Quem escondeu as duas mãos vai saindo fora.


"O caminhão de laranjas passou? Passou. Quantas laranjas ele deixou? ( 5, ou 3, ou 2...)
um, dois, três..

Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Conversar sobre as vitaminas, elaborar gravuras das vitaminas e explicar onde são encontradas para que servem e o que são elas.

Vitamina A - A vitamina A também é chamada de vitamina do crescimento, pois desempenha papel importantíssimo. Defende o corpo contra as infecções. Cura os problemas da pele e ajuda na visão.
Nos seguintes alimentos encontramos a vitamina A
Fígado, couve, cenoura crua, batata doce, mamão, pêssego, tomate, ovos laranja, banana, DAMASCO, etc.
Vitamina C fortalece os ossos e dentes. Defende o organismo contra gripes e infecções. Ajuda no crescimento e muito mais. Porém a vitamina C não gosta de calor, então para ingerirmos a vitamina C devemos comer os alimentos sem cozinhá-los e comê-los sempre, pois a vitamina C não fica no organismo guardadinha, ela precisa ser sempre ingerida.
Nos seguintes alimentos encontramos a vitamina C: caju, mamão, laranja, couve, limão, tomate, abacaxi, abacate, alface, verduras cruas, damasco uvas, etc.

Vitamina D fixa o cálcio no organismo por isso ajuda no crescimento e fortalecimento dos dentes e ossos. O nosso organismo pode produzir a vitamina D quando nos expomos aos raios ultra violetas do sol, além disso o leite, peixes e óleos são ricos em vitamina D
Preparar uma frase e um cartaz para cada vitamina para decorar e se possível apresentar o cartaz e a fala na hora do lanche.

APOSTILA
Grande e pequeno
A HISTÓRIA DO SOL, contar usando flanelógrafo
Era uma vez um reino muito distante e feliz, onde o céu era maravilhoso, porque tinha sempre um sol grande e bonito a brilhar. Ele iluminava a tudo e a todos ( fixar o sol grande). O grande deixava o reino todo mais bonito. Mas, do outro lado das montanhas( colocar as montanhas), havia um outro reino muito triste, pois lá não havia sol e tudo era muito escuro ( colar silhuetas em papel preto de lago, árvores animais, etc.) Os moradores desse reino resolveram pedir ajuda ao reino vizinho. Todos pensaram... pensaram... até que tiveram uma grande idéia: pedir ajuda ao Sol! O sol grande resolveu então emprestar a ele seu filhinho mais novo, que era ainda criança ( fixar o sol pequeno). Mesmo sendo pequeno, o sol começou a brilhar, tornando o reino claro e as pessoas felizes
Atividades gráficas
Desenhar a história.
Trabalhar a cor amarela.

LANCHE: apresentação

AREIA SAÍDA













QUARTO DIA - VERDURAS


RODINHA:
 Receber as crianças com brincadeiras de adivinhações.

Melodia: Eu vou lavar as minhas mãozinhas...


Eu vi, eu vi
Eu vi uma formiga
Será que ela queria
Comer minha barriga

Substituir por:
Coelha - orelha
Jacaré - pé
Camelo - cabelo
Coelho - joelho


Brincadeira de interpretação de gestos: o professor irá fazer as seguintes ações:

- tomar café
- tomar banho
- almoçar
- telefonar
- dormir/acordar
- telefonar
- dormir/acordar
- escovar os dentes

As crianças deverão adivinhar e dizer do que se trata.


Cânticos:
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:




Conversar sobre as verduras: Porque elas tem esse nome? Porque a maioria das verduras são verdes? Etc.
Explicar a necessidade que o nosso corpo tem de comer verduras. Como são saborosas e ricas em vitaminas.
Conduzir as crianças a uma torneira e ensiná-las a lavar as verduras com água corrente. Depois temperar junto com as crianças e servir.

APOSTILA:
. pinte esta página usando a cor da maioria das verduras
. desenhe a verduras que você comeu

LANCHE

AREIA

SAÍDA: mandar bilhete pedindo dinheiro para mamãe, para compra de verduras, legumes e frutas.
Exemplo:
Mamãe!
Amanhã iremos na quitanda comprar verduras, legumes e frutas, por favor, mande R$ ....,00 Levarei o que comprei para casa.

Beijo do .....................
Data;






















QUINTO DIA

- FRUTAS


RODINHA: O professor deverá introduzir o assunto fazendo uma limonada e distribuir copinhos cheios para que as crianças bebam. Antes de bebê-la, o professor perguntará como estão os copinhos e o que temos dentro dele. Após tomarem a limonada, perguntar como é que ficou o copo. Enfatizar as palavras cheio/vazio várias vezes. O copo estava cheio e agora está vazio. Nós tomamos toda a limonada e agora ele está vazio.
MÚSICA: Do amor de Deus sou cheio, cheio, cheio até cair...
ORAÇÃO:
AJUDANTE DO DIA:
CHAMADA:
NOÇÃO TEMPORAL:

Chegou o dia do assunto mais gostoso nesta semana: as frutas.
Quem gosta de frutas?
Quais as frutas que gostam?
Hoje vou contar a história das frutas:
Confeccionar fantoches ( de palitos) de frutas e apresentar uma história . Sugestão: Literatura Infantil do Reino: Os alimentos.

Desenhar e recortar frutas com olhos e bocas entregar para que as crianças elaborem seus fantoches, inventem e apresentem suas histórias.

Selecionar algumas frutas e servir em pedaços às crianças ressaltando o sabor e o valor nutritivo.

APOSTILA

Ir até a quitanda, entregar uma cesta para cada criança e deixar que comprem o que quiserem, pedir para embrulhar separadamente a compra de cada criança com o nome em cada pacote.
. Fazer uma entrevista com o vendedor:
- De onde vem os alimentos que você vende?
- Como chegam na sua quitanda?
- Qual a sua função aqui?
- O que você mais gosta de fazer?
- Você acha que todas as pessoas deveriam comer os alimentos que você vende aqui? Por quê?
. desenhe o lugar que fomos pesquisar sobre os legumes.
. Desenhe o que você comprou na quitanda.
. Pinte as frutas nas cores certas
. Ligue as frutas ao numeral correspondente
. a Merenda da Rosinha
. Salada de Letras

LANCHE

AREIA
Entrega da compra feita pela criança e do pequeno fantoche de palito.
Saída

Nenhum comentário:

Postar um comentário